Principais tendências de fusões e aquisições para 2024

6 minutos para ler

O mundo dos negócios está em constante evolução, e as fusões e aquisições (M&A) não são exceção. À medida que nos aproximamos de 2024, várias tendências emergentes começam a moldar o cenário das M&A de maneiras inovadoras e disruptivas.

Uma das principais tendências que se espera dominar o mercado de M&A é o impacto das tecnologias emergentes. As empresas estão buscando constantemente maneiras de alavancar a tecnologia para obter vantagens competitivas e melhorar suas operações, e isso se reflete nas transações de M&A.

Uma das tecnologias mais promissoras nesse cenário é a inteligência artificial (IA). Empresas estão incorporando IA em suas operações para melhorar a eficiência e fornecer melhores experiências aos clientes.

Espera-se que as M&A relacionadas à IA cresçam significativamente em 2024, à medida que empresas buscam adquirir tecnologias e talentos especializados nesse campo. Grandes players da tecnologia, como gigantes da indústria de software e hardware, podem liderar o caminho na busca por empresas de IA promissoras.

Outra tendência tecnológica notável em M&A é a blockchain. A tecnologia de registros distribuídos tem o potencial de revolucionar a maneira como as transações são realizadas, especialmente em setores como finanças e cadeia de suprimentos.

As empresas estão explorando oportunidades de M&A para adquirir startups ou integrar a tecnologia em suas operações existentes. Espera-se que as transações relacionadas à blockchain sejam cada vez mais comuns, à medida que as empresas buscam fortalecer suas capacidades nesse domínio.

 

M&A no setor de saúde e biotecnologia

O setor de saúde e biotecnologia também está experimentando um aumento nas atividades de M&A à medida que avançamos para 2024. A pandemia de COVID-19 acelerou a inovação no setor de saúde, e as empresas estão buscando se posicionar estrategicamente para aproveitar as oportunidades emergentes.

Uma das tendências notáveis nesse setor é o aumento das fusões e aquisições entre empresas farmacêuticas e empresas de tecnologia da saúde.

Empresas farmacêuticas tradicionais estão buscando parcerias com empresas de tecnologia para melhorar a pesquisa, desenvolvimento e entrega de medicamentos. Por exemplo, a integração de dispositivos médicos conectados à Internet das Coisas (IoT) e plataformas de análise de dados pode melhorar o acompanhamento de pacientes e a eficácia dos tratamentos, o que está impulsionando uma série de M&A no setor, com grandes farmacêuticas adquirindo startups de tecnologia de saúde.

Além disso, a pesquisa e desenvolvimento em biotecnologia estão em alta, à medida que as empresas buscam novas terapias e vacinas. Isso está levando a um aumento nas aquisições de empresas de biotecnologia por gigantes farmacêuticos que desejam expandir seu portfólio de produtos.

À medida que novos avanços científicos são feitos, espera-se que as M&A continuem a ser uma estratégia-chave para impulsionar a inovação no setor de saúde.

 

Fusões e aquisições em energias renováveis

Conforme as preocupações com as mudanças climáticas aumentam, o setor de energias renováveis está experimentando um crescimento significativo em M&A. Empresas estão buscando se posicionar como líderes na transição para fontes de energia mais limpas e sustentáveis. Uma das tendências proeminentes em M&A relacionadas à energia renovável é a consolidação do mercado.

Na mesma proporção em que o setor de energias renováveis amadurece, empresas menores e startups enfrentam desafios financeiros e concorrência intensa. Isso está levando a uma série de fusões e aquisições, com grandes empresas de energia adquirindo ativos e competências-chave de seus concorrentes menores. Essa consolidação é uma maneira eficaz de ganhar escala e alcançar uma posição mais forte no mercado.

 

Impacto da sustentabilidade nas fusões e aquisições

A sustentabilidade está se tornando um fator crítico nas decisões de M&A. Empresas estão cada vez mais preocupadas em reduzir seu impacto ambiental e atender às expectativas dos consumidores por produtos e serviços mais ecológicos.

Uma das áreas mais visíveis desse aumento é a aquisição de empresas de energia limpa. Grandes corporações estão adquirindo parques eólicos, fazendas solares e outras infraestruturas de energia limpa para reduzir sua pegada de carbono e atingir metas de sustentabilidade.

E a aquisição de empresas que produzem produtos ecológicos, como alimentos orgânicos e produtos de cuidados pessoais naturais, também está em ascensão.

Como a conscientização sobre a sustentabilidade continua a crescer, espera-se que as M&A relacionadas a esse tema se tornem ainda mais proeminentes em 2024.

 

Tendências regulatórias em fusões e aquisições

Conforme as empresas buscam expandir suas operações globalmente, elas enfrentam uma série de desafios regulatórios que podem afetar suas transações de M&A.

Reguladores em todo o mundo estão prestando mais atenção às fusões que poderiam criar monopólios ou prejudicar a concorrência. Isso significa que as empresas que desejam realizar M&A precisam ser mais cuidadosas ao avaliar o impacto antitruste de suas transações e considerar possíveis desafios regulatórios.

Ademais, as preocupações com a segurança de dados e privacidade estão moldando as M&A no setor de tecnologia. Quanto mais as empresas adquirem dados pessoais de clientes, reguladores estão atentos às práticas de proteção de dados, e isso pode afetar o processo de due diligence nas transações de M&A, com um foco crescente na conformidade com regulamentações de privacidade.

 

O papel da geopolítica nas fusões e aquisições globais

Tensões comerciais, acordos internacionais e mudanças na política global podem afetar e muito as decisões de M&A das empresas.

Um exemplo notável é a relação entre os Estados Unidos e a China. As tensões comerciais entre as duas maiores economias do mundo têm afetado as transações de M&A envolvendo empresas de ambos os países. Restrições à transferência de tecnologia e preocupações com segurança nacional têm impactado as negociações e levado as empresas a reconsiderar suas estratégias de M&A.

Mudanças na política de comércio e regulamentações alfandegárias podem afetar o fluxo de M&A entre regiões. Empresas que operam globalmente precisam estar atentas às mudanças na política geopolítica e avaliar como essas mudanças podem afetar suas transações de M&A.

À medida que o mundo dos negócios continua a evoluir, as fusões e aquisições continuarão a ser uma ferramenta poderosa para impulsionar o crescimento e a inovação nas empresas em todo o mundo.

Posts relacionados