top of page
  • Foto do escritorDeallink

M&A no setor de tecnologia continuara em alta em 2022?

Atualizado: 24 de abr.

Ao que tudo indica, em 2022, os M&As permanecerão em destaque no setor de tecnologia. Mesmo diante de algumas situações decorrentes da bolsa de valores no segundo semestre do ano passado, isso não foi o suficiente para prejudicar e mudar estes planos até o momento.

De acordo com dados levantados por pesquisas a respeito dos resultados do ano passado, as empresas anunciaram mais de US$ 5 trilhões em operações de M&A e a tendência é que este resultado mostrado em 2021 permaneça em 2022.

Os números obtidos mostraram um avanço nesse quesito, visto que o valor apontado é cerca de US$1 trilhão acima do recorde anterior, que aconteceu em 2017. Dessa forma, tanto as grandes corporações quanto também as startups estão em busca de aquisições.

O objetivo dessas aquisições é bem amplo, podendo ser para impulsionar o crescimento do negócio ou com a finalidade de adicionar novas habilidades e inovações. Também há a possibilidade de que seja uma opção para simplificar as estruturas e aproveitar sinergias.


Alta das M&As no Brasil

As mudanças e o avanço das M&As no setor de tecnologia se mostraram de uma foram muito positiva. De acordo com os dados, as transações em questão chegaram a atingir US$ 90,7 bilhões somente em 2021. Este foi quase o dobro do resultado de 2020.Dessa forma, foram fechados 706 negócios, contando com uma alta de 26% ao comparar com o ano anterior. O que novamente vale destacar é um recorde para os últimos 10 anos. Outro ponto importante desse processo é que em relação às empresas nacionais, elas originaram ¾ das operações que aconteceram nesse sentido no país. O esperado é que essa situação permaneça da mesma forma agora em 2022, agindo assim como as principais consolidadoras. Em relação a esses resultados, o volume de negócios que contam com um envolvimento a respeito de grupos brasileiros, o valor destacado é de US$ 69,8 bilhões. Foram aqui fechados 571 acordos. Já as operações com envolvimento de companhias estrangeiras comprando nacionais chegaram a US$ 20,8 bilhões e foram feitas 135 operações.


Por que as M&A do mercado de tecnologia continuarão em alta?

O motivo para que esta alta já esteja sendo dada como certa é que houve uma mudança de direção considerável no mercado de ações brasileiras atualmente. E mesmo diante dessa situação, que esperava-se que poderia ser um motivo para esfriar o mercado, pode agir de forma contrária.

Isso porque essa situação, ao que parece, pode funcionar como um catalisador para que existam ainda mais operações de M&A em andamento. O motivo essencial para que isso ocorra vem do fato de que as empresas acabaram por desistir em relação à abertura de capital nos últimos meses.

Dessa forma, elas podem buscar como uma alternativa investidores que sejam privados ou então fundos de Corporate Venture, permitindo assim que haja a entrada de novos sócios.


Startups e fintechs em destaque

Vale mencionar que a movimentação em questão deve acontecer ainda mais no mercado de startups, em especial as fintechs, que têm crescido cada vez mais. O mesmo é esperado no quedsiz respeito às lawtechs.

De acordo com dados quem foram levantados a respeito do primeiro semestre de 2021, mais da metade das operações de M&A do país aconteceram entre startups ou então por startups. Até então o ano com maior registro de M&A com envolvimento delas foi em 2020, com 168 transações.

Já nos primeiros seis meses de 2021, o registro dessas movimentações foi de 113 fusões e aquisições, sendo que 61 delas contaram com algum envolvimento de startups, em especial como compradoras.


Fatores para a alta de M&A

Um dos principais fatores que vem sendo destacado por especialistas do setor é de que esta tendência contará com um aumento em 2022 e para os próximos anos. Isso vem do fato de que o mercado está retomando o fôlego e as suas movimentações depois do impacto causado pela pandemia.

Em razã desta questão, o mercado vem enfrentando as consequências da crise econômica causada pela crise sanitária. Alguns dos efeitos, inclusive, foram a desvalorização do real em frente ao dólar.

Agora, com a retomada, existe uma possibilidade de que as movimentações continuem em ascensão uma vez que isso tudo tem feito com que os ativos brasileiros se tornem mais interessantes para os investidores estrangeiros.

Levando em consideração os dois fatores apontados, como influência em 2021, agora em 2022 com a retomada as expectativas de M&A no campo da tecnologia são muito altas.

Entretanto, apesar das boas perspectivas para o mercado, especialistas da área também alertam a respeito das transações de fusão e aquisição, para o fato de que há uma necessidade maior de realizar uma auditoria correta nelas.

O motivo para que as auditorias sejam realizadas de forma correta vem do fato de que em especial as empresas do ramo de softwares, têm se transformado muito rapidamente. Como existe esse imediatismo das tecnologias, é necessário que os procedimentos sejam feitos de forma mais cuidadosa para gerar boas transações.

Portanto, é necessário que para que haja uma boa negociação e uma operação de M&A confiável de fato, que as empresas invistam mais em auditorias, tanto contábeis quanto jurídicas. Estes processos serão responsáveis por identificar se todas as transformações foram feitas seguindo os preceitos legais.

Também serão de grande importância para entender e identificar se há a existência de algum passivo que não foi mensurado pela empresa alvo anteriormente, que possa vir a colocar em risco a continuidade da operação em questão.

Esse ponto, inclusive, vai de encontro com a LGPD, visto que é necessário se atentar a estas questões, em especial ao setor de tecnologia e segurança digital. Portanto, o setor de tecnologia precisa ficar atento porque há uma tendência forte no crescimento de M&A, mas todos os processos precisam ser feitos prezando pela legalidade e de acordo com as leis específicas.


Por fim, é de grande importância que todos os contratos que serão feitos para dar suporte à concretização do negócio contem com informações a respeito dos riscos de fácil identificação para todos os envolvidos, de modo a gerar um conforto maior a todas as partes da operação.

Comments


E-books

CTA_01-1-250x300.png
bottom of page