Como criar uma cultura de trabalho remoto em sua empresa?

6 minutos para ler

Nos próximos anos, uma coisa será fundamental para garantir que as empresas se mantenham alinhadas às demandas de seus clientes e parceiros comerciais: ter uma cultura de trabalho remoto. Isso permitirá que companhias de vários setores sejam flexíveis e produtivas mesmo em momentos de crise. Afinal, não será necessário estar em um único lugar para entregar os resultados esperados por consumidores e empreendimentos parceiros.

Por isso, se a sua empresa não tem uma cultura de trabalho remoto, é fundamental começar a se preparar agora. Não há momento melhor do que o presente para iniciar a criação de um ambiente de trabalho mais flexível e ágil. No entanto, isso exige planejamento. Quer saber mais sobre o que é necessário fazer para ter um ambiente em que todos podem trabalhar remotamente? Então, confira este post. Boa leitura!

O que é cultura de trabalho remoto?

A cultura de trabalho remoto se dá quando a empresa cria um ambiente em que os seus profissionais podem executar as suas atividades fora do ambiente tradicional com segurança. Ela envolve um conjunto de ferramentas e processos de gestão. Juntos, eles garantem que a habilidade de trabalhar com alta performance seja possível em qualquer ambiente com acesso à web.

O que fazer para desenvolvê-la em sua empresa?

Para desenvolver uma sólida cultura de trabalho remoto, o gestor deve se atentar a alguns cuidados. Cada passo dá a segurança necessária para os profissionais atuarem remotamente sem medo ou riscos operacionais. Confira os principais a seguir!

Mapeie as atividades que podem ser feitas remotamente

O primeiro passo para implementar o trabalho remoto é entender o que pode ser feito fora do negócio. Apesar dos avanços tecnológicos, nem toda a cadeia operacional pode ser feita em home-office. Por isso, não deixe de começar levantando dados sobre a atuação da empresa.

Invista nas soluções de segurança de dados corretas

A segurança digital é um dos maiores desafios do trabalho remoto. O empreendimento deve trabalhar com o time de TI para validar todos os pontos básicos que evitam riscos comuns. Isso inclui medidas como:

  • investimento em uma VPN;
  • adoção da autenticação de dois passos;
  • validação do hardware que será utilizado pelos colaboradores remotamente pelo time de segurança;
  • migração de informações para um ambiente de cloud computing;
  • treinamento das equipes.

Adote ferramentas que possibilitem o trabalho remoto

A empresa deve ter uma infraestrutura de soluções digitais caso queira manter uma cultura de trabalho remoto. Elas devem ser pensadas conforme o perfil da companhia e das áreas que atuarão em regime de mobilidade. Por isso, aposte em soluções como:

  • o uso do cloud storage para armazenar e compartilhar dados;
  • ferramentas de videoconferência, VoIP e mensagens instantâneas para troca de mensagens, realização de reuniões e chamadas;
  • migração de aplicativos internos para ambientes de cloud computing.

Informe seus colaboradores sobre esse tipo de trabalho

Os trabalhadores devem ser informados sobre todos os detalhes que envolvem o trabalho remoto. A empresa precisa se certificar de que cada pessoa entende os pontos básicos de segurança e as suas metas. Além disso, horários rígidos precisam ser traçados, evitando abusos ou problemas de planejamento.

Insira essa cultura o quanto antes na sua empresa

A cultura de trabalho remoto tem sido motivada pela Covid-19, mas a sua empresa não deve ver esse como o único incentivo. O home office e outras formas flexíveis de trabalhar são úteis sempre. Por isso, o gestor deve ter um plano de ação de médio e longo prazo que permita a avaliação contínua de resultados e a otimização de práticas.

Qual a importância do trabalho remoto para negócios e colaboradores?

O trabalho remoto pode ter um papel muito importante para as rotinas dos seus colaboradores. Isso vale até mesmo para os cenários em que a empresa não precisa interromper as suas operações locais. Veja abaixo os impactos que esse tipo de cultura operacional traz para o seu negócio.

Reduz custos operacionais

No regime de trabalho remoto, os profissionais não precisam se deslocar para realizarem operações ou reuniões. Além disso, os gastos com alimentação são diminuídos. Isso reduz custos, especialmente os relacionados à manutenção de profissionais.

Aumenta a produtividade

Os times que trabalham remotamente também são mais produtivos. Como as suas atividades serão executadas por pessoas menos estressadas, há um maior engajamento no dia a dia da empresa e entregas com maior quantidade.

Proporciona mais flexibilidade

Toda empresa moderna precisa de flexibilidade para ser competitiva. No caso do regime de trabalho remoto, isso é proporcionado com a possibilidade de executar uma operação em qualquer lugar. Desse modo, existirão menos gargalos e mais habilidade para atender rapidamente a demandas externas.

É sustentável

Ser uma empresa sustentável se tornou algo importante no século XXI. Com o regime de trabalho remoto, isso pode ser obtido facilmente. Afinal, o impacto causado por deslocamentos cairá drasticamente.

Qual o papel do trabalho remoto em tempos de crise?

O mundo está passando por uma das maiores pandemias. Classificada pelas Forças Armadas como o maior desafio da nossa geração, a Covid-19 obrigou negócios a fecharem as suas portas e colocarem os seus profissionais em casa como medida de segurança. Nessas horas, quem estava preparado para trabalhar remotamente saiu na frente.

Quando o negócio já tem uma cultura de trabalho remoto implementada e disseminada em todas as áreas, a empresa pode lidar com desafios como esse sem dificuldades. Nesses momentos, os times deslocam o seu trabalho para qualquer lugar sem que isso impacte a sua produtividade. Assim, a sua empresa pode se manter produtiva e integrada mesmo em um momento de crise.

Ter uma cultura de trabalho remoto é de extrema importância. Além de trazer benefícios para situações comuns, essa forma de executar rotinas também evita perda de receitas em cenários graves. Por isso, não deixe de investir nos passos necessários para ter um ambiente de trabalho flexível, integrado e de alta mobilidade!

Gostou de nossas dicas e quer saber o que mais a sua empresa pode fazer para ser mais competitiva? Então, acompanhe as dicas que postamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn!

Posts relacionados