Como implementar a cultura de segurança para proteger os dados da empresa?

6 minutos para ler

A execução de tarefas com qualidade e maximização de desempenho tem se tornado, cada vez mais, o foco de empresas que buscam por sucesso. Isso é especialmente essencial em um mercado cada vez mais competitivo e exigente. Porém, para que isso seja possível, é fundamental prezar pela segurança física e emocional dos trabalhadores.

A cultura de segurança do trabalho é fundamental para o bom funcionamento de qualquer processo empresarial. O que muitas pessoas não sabem, todavia, é que ela pode e deve ser estendida para os dados que norteiam as organizações.

Ao compreender como a cultura de segurança pode contemplar, praticamente, todas as áreas de uma empresa, torna-se mais simples conhecer não só sua importância, mas também quais vantagens ela pode promover. Saiba mais sobre esse assunto!

O que é cultura de segurança?

Cultura de segurança é um termo que designa práticas que prezam pela proteção e diminuição de riscos no trabalho. Além de focar-se na segurança física dos colaboradores, ela também abrange o cuidado que deve ser tomado com as informações de cada setor e função.

Em suma, essa cultura diz respeito a uma série de orientações que devem ser fixadas e seguidas por todos da empresa. Com o tempo, espera-se que elas se tornem algo intuitivo e automático, promovendo consciência e responsabilidade.

Porém, mesmo sob uma boa cultura de segurança, não é impossível que os dados de uma empresa sejam afetados e capturados, seja em função de má-fé ou de invasões clandestinas. É por isso que é fundamental estender a atuação da cultua de segurança, também, para suas informações e registros online.

Qual a importância da cultura de segurança nas empresas?

Os impactos causados pela violação de dados são graves. Tomemos como exemplo um processo de M&A – fusões e aquisições. Sem a devida segurança durante a fase de due dilligence, ambos os lados do processo podem ser afetados de forma que não consigam finalizar as transações necessárias, perdendo diversas oportunidades.

Empresas que valorizam boas práticas voltadas para a segurança de dados garantem diversas vantagens. Elas comprovam, na prática, sua importância e estimulam mais organizações a buscarem por tudo que ela pode oferecer. Alguns benefícios que podem ser obtidos estão exemplificados abaixo.

Diminuição de custos

Investimentos feitos para solucionar gargalos advindos do vazamento de dados e informações de uma empresa geralmente são custosos e estressantes. Incidentes como esses afetam não apenas a integridade da empresa, mas também a produtividade dos funcionários. Isso acaba gerando ainda mais erros e problemas, podendo afetar os resultados da empresa drasticamente.

Por meio de esforços para proteger os dados da empresa, automaticamente preza-se pela proteção de seus colaboradores, permitindo que eles rendam de acordo com as expectativas e reduzindo gastos em longo prazo.

Aumento da confiança na realização de tarefas

A maximização de resultados está diretamente ligada à confiança. Ao saber que o fluxo de informações, responsável por nortear processos empresariais, está seguro, os colaboradores tendem a contar com ele sem receio algum, tendo em mãos tudo o que precisam para oferecer o seu melhor à organização.

Maior produtividade

Uma comunicação interna eficiente pede, concomitantemente, por uma boa gestão de processos. O acesso simplificado e ágil a dados e informações advinda desse gerenciamento permite que isso seja obtido. Ao contar também com segurança nesse momento, a produtividade cresce dia após dia e estimula a naturalização da cultura contra riscos promovida entre os colaboradores.

Como implementar a cultura de segurança?

Conhecendo as principais vantagens viabilizadas pela aplicação de normas de segurança de dados nas empresas, torna-se fundamental prezar pela implementação dessa cultura em todos os setores e transações. Saiba como fazer isso.

Conheça a lei de proteção de dados

Estar atento à lei de proteção de dados é fundamental para implementar uma cultura de segurança empresarial adequada. Ela diz respeito a regulamentações que trazem transparência para o processamento, armazenamento e compartilhamento de dados públicos. Ignorá-la gera, além de multas no faturamento anual, efeitos negativos na rentabilidade das empresas.

Faça treinamentos com a equipe

Seguidas as devidas recomendações para compartilhamento de dados e afins, é hora de treinar a equipe da organização para que elas sejam devidamente seguidas. Isso deve ser feito de forma a capacitar os colaboradores, para que eles entendam as consequências da violação dos dados da empresa e apliquem estratégias que os segurem.

Designe uma pessoa para o cargo de DPO

O DPO, Data Protection Offer, é o profissional responsável por cuidados dos dados dos cidadãos envolvidos em uma organização. Sua contratação faz parte das obrigações que uma empresa deve ter no que diz respeito a dados e é um dos aspectos regulamentados pela GDPR — General Data Protection Regulation.

Em suma, designar um encarregado para manter intacta a propriedade intelectual das empresas, bem como seus dados, é primordial. Ele deve conhecer a legislação e ser experiente em governança e em segurança da informação.

Faça uma análise de risco

Conhecer os riscos a que as empresas estão expostas é fundamental para estabelecer uma boa cultura de segurança. Sendo assim, estudá-los, identificá-los e monitorá-los constantemente é uma excelente forma de priorizar a segurança dos dados organizacionais.

Fiscalize o trabalho dos funcionários

Sendo o monitoramento uma parte fundamental da cultura de segurança de dados de uma empresa, fiscalizar o trabalho dos funcionários e certificar-se de que eles estão seguindo os regimentos legais e impostos internamente é imprescindível.

Aposte em inovação

O mercado está em constante movimento, o que faz com que as empresas precisem se adequar constantemente às suas necessidades de inovação e tecnologia. Assim sendo, implantar regularmente ferramentas e sistemas que otimizem a segurança dos dados e dos colaboradores das organizações é uma forma de manter a cultura de segurança sempre acessível a todos.

A cultura de segurança é ampla e vantajosa para qualquer instituição. Ao focar seus esforços na segurança de dados, torna-se indispensável se manter atualizado e informado sobre novas tecnologias e maneiras de implantá-la.

Para fazer isso, assine nossa newsletter e receba recomendações e dicas frequentes para capacitar seus funcionários e manter sua empresa dentro dos padrões de segurança estabelecidos pela lei e pelo mercado!

Posts relacionados