A baixa da taxa de juros no Brasil impacta para atrair investidores para M&A?

6 minutos para ler

O mercado de M&A — Mergers and Acquisitions —, ou fusões e aquisições, tem se tornado cada vez mais atraente para investidores em função da baixa da taxa de juros do país. Hoje, a taxa Selic, referência primária para outras taxas de juros, chega ao menor nível da história, chegando a 4,5% — após atingir 5% em outubro, segundo dados informados no site UOL Economia.

As operações de fusão e aquisição se tornam cada vez mais presentes no cenário de um país conforme ele passa por crises. Afinal, nesse momento, elas podem oferecer diversas vantagens para as empresas, como a ampliação da fatia de mercado, as facilidades de execução de tarefas diárias e muito mais.

Saber como e por que esse pode ser um grande momento para aproveitar suas oportunidades pode mudar o cenário econômico de seus negócios e permitir que você comece a operar em um novo setor, expandindo seus resultados! Saiba mais sobre este assunto!

Qual o cenário atual da SELIC e o que motivou essa baixa ao longo do ano?

A taxa Selic é considerada a taxa mãe da economia. Ainda que ela não reflita necessariamente os juros que serão cobrados de consumidores, ela é regularmente usada como base para transações empresariais. Ao longo de 2019, ela refletiu um movimento que vinha acontecendo desde 2016.

Nos últimos três anos, a Selic sofreu 12 cortes, motivados pela busca por investimentos exteriores no país e pelo aumento de seu giro de capital. Isso trouxe uma série de vantagens e desvantagens para os brasileiros, que afetam desde o rendimento da poupança e de aplicações em renda fixa até mudanças na inflação.

Em 2016, a Selic se encontrava em 14,5%, mas foi reduzida, no fim do ano de 2018, para 6.5%. Esse percentual se manteve até junho de 2019. Em julho, ela caiu para 5,5% e sofreu, ainda, mais uma redução para 5% em outubro, até chegar aos 4,5% atuais. Em suas variações e efeitos para empresas e cidadãos, uma coisa é certa: essa redução oferece grandes vantagens para transações de M&A.

Quais as vantagens da baixa na taxa de juros?

No que diz respeito às vantagens trazidas pela redução da Selic, é certo que elas atingem amplamente as empresas. As ações executadas por elas no momento podem influenciar, a médio e longo prazo, a obtenção de benefícios para os cidadãos. Porém é preciso que cada um analise sua situação individual para compreender os efeitos de uma taxa de juros mais baixa. Confira alguns benefícios.

Facilidade para financiar

A baixa na taxa de juros traz uma maior facilidade na hora de financiar. Porém, ao mesmo tempo, gera maior dificuldade para investir. Isso pode afetar o mercado de M&A de forma positiva porque existem poucas opções rentáveis de investimento disponíveis atualmente. Assim, uma aquisição pode ser atrativa para investidores que estão contando com um menor rendimento de seu dinheiro.

Investimentos em renda variável

Empresas e cidadãos que desejam investir na renda variável tendem a garantir excelentes lucratividades quando a taxa de juros cai. Isso acontece uma vez que os investimentos desse tipo são geralmente feitos em moedas estrangeiras. Com a Selic mais baixa, há uma tendência de aumento no valor dessas moedas.

Quais as desvantagens da baixa na taxa de juros?

As principais desvantagens referentes a uma baixa na taxa de juros afetam especialmente seguradoras, bancos e instituições financeiras e investidores conservadores. Confira!

Seguradoras, bancos e instituições financeiras

Com a Selic baixa, seguradoras, bancos e instituições financeiras percebem grandes quedas nos lucros. Isso acontece uma vez que o valor investido para manter suas atividades em pleno funcionamento tem rentabilidade reduzida, obrigando-as a cobrir os montantes de serviços por conta própria.

Investimentos em renda fixa

A rentabilidade da renda fixa, geralmente favorita para investidores com suitability mais conservadora, está diretamente ligada à taxa de juros. Isso acontece uma vez que o rendimento desse tipo de investimento está indexado à Selic. Quanto mais baixa ela está — especialmente no que diz respeito a títulos pós-fixados, menor é o lucro obtido no vencimento.

Como esse cenário pode ser favorável para o mercado de M&A?

Compreendidas algumas vantagens e desvantagens gerais da queda da Selic no mercado, é hora de analisar de que forma esse cenário se mostra favorável para o mercado específico de M&A, cujo crescimento já era possível observar mesmo antes da última queda da taxa Selic.

O mercado de fusão e aquisição vem aumentando desde janeiro de 2019, porém isso vinha acontecendo em função da expectativa econômica do país. Agora, baseado em fatos, será ainda mais provável que investidores se arrisquem mais e passem a buscar oportunidades de crescimento, alinhamento de interesses com outras empresas e uma maior captação de recursos.

Como aproveitar esse momento para atrair boas oportunidades de fusões e aquisições?

Para aproveitar os benefícios trazidos para o mercado de fusões e aquisições, é preciso seguir algumas dicas para atrair investidores bons para o negócio. Afinal, é preciso que uma escolha realmente adequada seja feita por parte da empresa que deseja passar por esse processo.

Atualize o plano de negócios

Um bom plano de negócios, que faça jus ao movimento atual de sua empresa e que demonstre que sua proposta é viável, é fundamental para atrair as pessoas certas para uma fusão e aquisição. Sendo assim, repasse as ideias, deixe claro as formas pelas quais ela pode ser viabilizada e exponha objetivos de curto, médio e longo prazo.

Não aceite qualquer proposta

Estando bem informado sobre os ideais de sua empresa, conhecendo seus números e sabendo que os investimentos em M&A estão em um momento favorável, não há motivos para aceitar qualquer proposta. Estude-a, negocie e feche negócio somente quando tiver certeza disso.

Reduza custos

Saber como reduzir os custos de um processo de transação como o de fusão e aquisição também é fundamental para garantir um futuro de sucesso para a empresa. Afinal, o aquecimento do mercado de M&A tem tudo para trazer diversos benefícios para aqueles que desejam contar com ele no momento atual — não devendo ter seus resultados afetados pelos altos custos envolvidos no processo.

Estar ciente sobre cada um desses custos pode permitir que boas atitudes sejam tomadas a fim de preservar a proposta de rentabilidade oferecida por esse processo e pela baixa da taxa de juros. Para garantir essa redução de custos na transação de fusão e aquisição, leia agora mesmo nosso artigo sobre esse assunto!

Posts relacionados